7411_edited.jpg
Uma viagem mais tranquila começa aqui.
Confira as coberturas e serviços que você pode contratar:
Acidentes Pessoais
Proteção para você viajar sem preocupação
Cuidados
Especiais
Remoção hospitalar, assistência médica e odontológica.
Extravio de bagagem
Você recebe uma indenização em dinheiro.
Problemas para viajar
Para casos de cancelamento ou interrupção.

Cobertura

Para sua comodidade, você determina os valores do capital segurado e cobertura.

Nacional

Poucos sabem, mas é possível você fazer um seguro viagem para destino Nacional.

Cartão Crédito

Facilidade na contratação e pagamento. Ambiente 100% seguro.

Baixo Custo

Sua tranquilidade custa muito pouco, faça uma simulação clicando nos links.

 
Como comprar seu Seguro Viagem
Informe os dados da sua viagem para ver uma cotação.
Compare planos, seguradoras, coberturas
e preços.
Escolhe o plano e contrate online, parcelando via cartão e crédito.
Receba sua apólice eletrônica por e-mail e
Boa Viagem!
Compare e compre Online - Clique e confira!
sulamerica
porto-vimaseg.png
 
OQI7ZM0.jpg
Tratado de Schengen
Para que um Seguro Viagem seja válido em toda a Europa, especialmente nos países do Tratado de Schengen, basta que ele possua limite de cobertura a partir de 30.000 euros ou o equivalente em dólares para acidentes, enfermidades e repatriação. O certificado (apólice) desse seguro é o documento que o viajante brasileiro deve apresentar à imigração do país ao qual esteja ingressando, caso seja solicitado. Não existe uma Carta Schengen, ou Certificado Schengen, como se ouve falar por aí.
3443209.jpg
Tire suas dúvidas sobre o
Seguro Viagem

Posso contratar um seguro viagem para trajetos no Brasil?


Para os trajetos no território nacional, o seguro pode ser contratado desde que a distância mínima seja de 100 quilômetros entre o município onde você mora e o destino final.




O que é o seguro viagem?


Ele é o seguro que garante mais tranquilidade e proteção durante a sua viagem, seja ela a trabalho, negócios ou lazer. Com essa proteção, você garante mais segurança caso algum imprevisto aconteça. (Ver coberturas do seguro).




Quais são as coberturas de um seguro de viagem?


A Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), órgão de regulamentação e fiscalização de seguros comercializados no país, publicou a Resolução 315/2014 que contém as atuais regras e critérios para a contratação do seguro de viagem. Quando se contrata o seguro para viagem, você tem disponível as coberturas básicas, que são as mínimas necessárias para que o seguro seja comercializado. Qualquer seguro viagem ofertado devem conter pelo menos uma das coberturas listadas abaixo. 1. Despesas médicas, hospitalares e/ou odontológicas em viagem nacional (DMHO viagem nacional)– Esta cobertura garante indenização das despesas médicas, hospitalares ou odontológicas devido acidente pessoal ou doença súbita. Como ela é destinada para viagens nacionais, você pode utilizar assim que sair da sua cidade. 2. Despesas médicas, hospitalares e/ou odontológicas em viagem ao exterior (DMHO viagem internacional)– Ela garante os mesmos itens da cobertura anterior: indenização das despesas médicas, hospitalares ou odontológicas devido acidente pessoal ou doença súbita. A diferença é que, por ser voltada para viagens internacionais, ela começa a valer assim que você sair do seu país de origem. 3. Traslado médico – Garante indenização das despesas de remoção ou transferência até a clínica ou hospital mais próximo, por motivo de acidente pessoal ou enfermidade coberta. Ou seja, se ocorrer algum acidente que você precise de locomoção até um hospital, esta cobertura irá cobrir as despesas. 4. Regresso sanitário – Garante indenização das despesas do translado de volta ao local de origem, caso o mesmo não possa voltar como passageiro regular. Ou seja, caso você sofra um acidente e precise ficar conectado a aparelhos médicos, o seguro irá cobrir os gastos com essa volta pra casa. 5. Traslado de corpo – Em caso de morte, garante indenização das despesas com a liberação e transporte do corpo do segurado do local da ocorrência até o local de sepultamento. 6. Invalidez permanente total ou parcial por acidente em viagem – Pagamento de indenização em caso de perda ou redução funcional definitiva, total ou parcial de determinados membros ou órgãos. Estão cobertos os acidentes pessoais ocorridos durante a viagem. 7. Morte em viagem – Garante aos beneficiários da apólice o valor contratado em caso de morte do segurado durante a viagem por motivos naturais ou acidentais. 8. Morte acidental em viagem – Garante aos beneficiários da apólice o valor contratado em caso de morte do segurado por acidente pessoal durante a viagem. A SUSEP determina que o seguro viagem tenha pelo menos uma dessas coberturas, porém há algumas regras a serem seguidas: As coberturas obrigatórias para viagens internacionais são: DMHO em viagem internacional, translado de corpo, regresso sanitário e traslado médico. A cobertura de translado de corpo não pode ser contratada de forma isolada. Ou seja, você precisa contratar outras coberturas. As coberturas de despesas médicas durante viagem ao exterior devem cobrir situações durante a viagem ocorridas por acidente pessoal ou enfermidade. As coberturas de DMHO nacional e internacional deverão cobrir crises de doenças preexistentes ou crônicas que precisam de atendimento urgente, até que o quadro clínico do segurado esteja estabilizado para prosseguir viagem ou voltar ao local de origem. Quando contratada a coberturas de despesas médicas (nacional ou internacional), também deve ser contratada a cobertura de traslado médico. Vale lembrar que o valor da indenização será até o limite contratado. Isto quer dizer que se você contratou uma cobertura com indenização de 30 mil reais, este será o máximo do valor a receber, mesmo que você tenha gastos superiores. Por isso é importante sempre ficar atento às informações presentes na apólice, condições gerais e tirar suas dúvidas com a sua corretora.




Quais são os limites do seguro viagem?


Você precisa ficar atento para as condições do seguro, como o limite de gastos e o número de atendimentos que foram calculados de acordo com o prêmio pago.




A partir de quando o seguro viagem é válido?


A duração das garantias da sua apólice é geralmente limitada ao período compreendido entre a data inicial da viagem, isto é, do primeiro embarque (aéreo, rodoviário ou marítimo) e a data do último desembarque – o dia em que você retornar à sua residência. O período de cobertura, no entanto, precisa ser definido na contratação do seguro. A proteção deixa de existir quando termina o tempo de duração do seguro, previsto na apólice, mesmo que você prossiga a sua viagem.




Quais são os riscos que o seguro viagem não cobre?


As coberturas do seguro são bem específicas, limitadas ao período da viagem e garantem proteção a danos e prejuízos ocorridos – exclusivamente – por acidentes. Leia com atenção o contrato para ter conhecimento dos chamados riscos excluídos, que não contam com a garantia de indenização. Riscos excluídos mais comuns: 1. Serviços solicitados diretamente pelo segurado, sem autorização da seguradora, a não ser em casos de gravidade que precisam ser comprovados; 2. Despesas com próteses e tratamentos dentários e fisioterápicos que não sejam prescritos pelos profissionais da área médica, devido a lesões provocadas por um acidente durante a viagem; 4. Indenização por morte ou invalidez e extravio de bagagem provenientes de acidente aéreo, rodoviário e marítimo; 5. Despesas extras de hospital, não incluídas no custo da diária; 6. Danos totais ou parciais, violação e extravio de objetos contidos na bagagem, mesmo durante o transporte em companhia aérea, rodoviária ou marítima; 7. Bens de uso pessoal ou valor estimativo, joias, dinheiro, cartões de crédito, cheques de viagem, obras de arte, relíquias de família e documentos; 8. Segurado com plano empresarial, em viagem de lazer; 9. Segurado com plano individual de turismo, em viagem de trabalho; Tratamento de doenças epidêmicas, pandêmicas ou endêmicas; 10. Despesas médicas e hospitalares decorrentes de atendimento ao segurado que sofreu acidente por realizar atividades de alto risco, sem habilitação para tanto; 11. Cirurgias plásticas estéticas; 12. Despesas com farmácia, sem que os medicamentos tenham sido prescritos por médico, devido a um acidente; 13. Tratamentos médico-hospitalares, odontológicos, fisioterápicos de rotina; 14. Desobediência do segurado às instruções orientadas pela Central de Atendimento da seguradora; 15. Continuidade de tratamentos médicos e odontológicos, terminada a viagem; Tratamentos psiquiátricos. 16. Uso e manuseio de material nuclear, acidentes nucleares e semelhantes; 17. Atos e operações de guerra, rebelião e tumultos; 18. Sinistros decorrentes de fenômenos da natureza, de caráter extraordinário, como inundações, terremotos, erupções vulcânicas, ciclones, furacões, maremotos, queda de meteoritos, etc; 19. Lesões e morte causadas por atividade criminosa ou por má-fé do segurado; 20. Acidentes ou doenças causadas por consumo de álcool ou drogas; 21. Danos e prejuízos causados por imprudência, negligência, imperícia e irresponsabilidade do segurado ao dirigir um veículo.




Como procuro atendimento do seguro durante a viagem?


No caso de você utilizar o seguro viagem, deverá entrar em contato o mais rápido possível com a Central de Atendimento que as seguradoras colocam à disposição. Tenha o número do telefone anotado em diversos lugares, junto com seus pertences pessoais. Dica: Não habilitou o celular para chamadas internacionais? Não se preocupe, ligue nas centrais 0800 e solicite transferência da chamada. Solicite uma chamada no hotel onde você esta hospedado. Caso seja Sulamérica viagem, você poderá realizar uma chada a cobrar.




Quanto tempo leva para a seguradora ressarcir o que eu gastei?


Para os seguros contratados em seguradora sediada no Brasil o prazo máximo para o reembolso é de 30 dias, depois que você apresentar toda a documentação prevista na sua apólice. Além dos comprovantes de pagamento do prêmio, os documentos que podem ser pedidos variam de acordo com as coberturas contratadas. Na hipótese de acidente ou doença que tenha provocado a morte ou invalidez do segurado, pode ser solicitada documentação adicional, desde que a seguradora justifique a sua necessidade. Se isso acontecer, novo prazo de 30 dias será contado a partir da entrega dos documentos complementares.




Após realizar a contratação, quanto tempo leva para receber minha apólice?


O precesso é rápido e seguro, você recebe sua apólice diretamente no e-mail informado, 30 minutos após a confirmação do pagamento.




Como ligar a cobrar para o Brasil.


A ligação a cobrar pode ser feita de qualquer telefone: público, fixo ou celular (sujeito a cobrança de tarifa de roaming), desde que esteja devidamente habilitado para uso fora do país. A operadora Embratel oferece o BrasilDireto, no qual você faz chamadas com atendimento em português. As ligações podem ser cobradas na conta do seu telefone fixo no Brasil ou no número do telefone de destino. Para fazer esse tipo de ligação, basta digitar o número da Embratel, que varia de país para país. Anote aí: África do Sul: 0800 99 0055 Argentina: 0800 999 5500; 0800 555 5500 Austrália: 1800 881 550 Áustria: 0800 200 255 Bélgica: 0800 100 55 Bolívia: 8001 000 55 Canadá: 1800 463 6656 Chile: 8003 602 20; 8008 002 72 (apenas de telefones fixos) China: 8004 9001 2500 (apenas de telefones fixos) Chipre: 800 93 291 Cingapura: 8000 55 0550 Colômbia: 0180 0955 0010 (apenas de telefones fixos) Coreia do Sul: 0072 2055 (apenas de telefones fixos) Dinamarca: 808 855 25 Eslováquia: 0800 00 5500 Espanha: 9009 900 55 Estados Unidos: 1800 344 1055; 1800 283 1055; 1800 809 22 92, 1800 745 5521 (o último, apenas de telefones fixos) Formosa (Taiwan): 8015 500 55 (apenas de telefones fixos) França: 0800 990 055 Grécia: 8001 612 205 4194 (apenas de telefones fixos) Guiana Francesa: 0800 99 0055 Holanda: 0800 022 0655 (apenas de telefones fixos ou públicos) Hungria: 0680 005 511 Israel: 1809 494 550 Itália: 8001 722 1100 Japão: 0053 9551; 0066 350 55 (o último, apenas de telefones fixos) Luxemburgo: 0800 200 55 (apenas de telefones fixos ou públicos) México: 0180 0123 0221 (apenas de telefones fixos) Noruega: 800 195 50 (apenas de telefones fixos) Panamá: 0080 001 75 (apenas de telefones fixos) Paraguai: 0085 5800 (apenas de telefones fixos ou públicos) Peru: 0800 501 90 (apenas de telefones fixos) Polônia: 0080 0491 1488 Portugal: 8008 00 550 Reino Unido: 0800 890 055 República Dominicana: 1800 751 8500 (apenas a partir das redes Codetel/Claro República Dominicana) Rússia: 8108 002 097 1049 Suécia: 207 99 055 (apenas de telefones fixos) Suíça: 0800 555 251 Uruguai: 000 455 Venezuela: 0800 100 1550





 
 
Ficou com dúvidas? Entre em contato conosco através dos canais.
arrow&v
Prezado (a) cliente, caso você possua um código do desconto, informar o valor correspondente a cotação realizada dentro da página.
Em breve, você receberá a proposta com um desconto especial para você.
TELEFONE
41. 3223-3625
FORMULÁRIO
PREENCHER
E-MAIL
VANTAGGI
(41) 3223-3625

SulAmérica: Reg.istro SUSEP 15414.901176/2015-81

Porto Seguro: Registro SUSEP 115414.900476/2015-42

© Copyright 2016 Vantaggi. Todos os direitos reservados. SUSEP nº 20.2022506.7. CNPJ: 22.266.717/0001-12

Corretora dos produtos: Porto Seguro I SulAmérica l Seguros Unimed